Humberto   Bley   Menezes

Prosas e Versos

Textos

PRIMEIRO AMOR
Olhos tristes
Lágrimas  brilhando
São  como nascentes
De um rio se formando
E se avolumando
Umedecendo o rosto.
Soluços suaves
Cachoeira de dúvidas
Mar de sentimentos
Toda a tristeza
Toda a  melancolia
De chorar sozinha
As incertezas
Do primeiro amor.
Humberto Bley Menezes
Enviado por Humberto Bley Menezes em 10/05/2006


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras